O projeto V-Disc (Discos da Vitória), começou em junho de 1941, seis meses antes do envolvimento da América do Norte na Segunda Guerra Mundial contra as forças do Eixo (Alemanha, Itália e Japão). Idealizado pelo capitão Howard Bronson, foi designado para a seção de “Recreação e Bem-Estar do Exército”. O capitão Bronson, argumentou que as tropas poderiam usufruir de uma série de registros musicais com bandas militares melhorando o moral da tropa. A produção dos V-Discs começou somente em loutubro de 1943 e foi um sucesso instantâneo nas frentes de batalha, onde os soldados recebiam discos e vitrolas portáteis. Entre outubro de 1943 e maio de 1949, foram produzidos cerca de 900 discos com mais de 3.000 gravações. Nesse período, calcula-se que foram enviadas mais de 8 milhões de cópias para os combatentes acantonados na Europa e no Pacífico. Uma seleção variada que incluía big bands, swing music, jazz, orquestras sinfônicas, marchas militares e interpretações dos mais famosas cantores e cantoras da época. Ouçam essas raríssimas gravações de alta qualidade técnica ouvidas por soldados, marinheiros e aviadores, que lutavam contra o nazi-fascismo.