Louis Daniel Armstrong, nasceu na cidade de New Orleans no dia 04 de julho de 1901, oriundo de uma família paupérrima. Aos 13 anos, foi internado em um instituto correcional por ter dado tiros para o ar na passagem do ano novo. Lá aprendeu música e a tocar trompete, dando novo rumo à sua vida. Ao atingir a adolescência, começou a se apresentar em casas noturnas da cidade natal até juntar-se ao conjunto musical do trombonista Kid Ory em 1917.

Posteriormente, vai à Chicago-Illinois convidado pelo trompetista e chefe de orquestra King Oliver para fazer parte da “Original Creole Band” em 1922. Ao deixar Oliver, formou os lendários “Hot Five” e “Fot Seven” isso em 1924, até resolver formar a própria corporação musical. Além do inesgotável talento como instrumentista, Louis gostava de cantar com a característica voz roufenha e improvisando como bom jazzman, ao substituir as letras das canções com os famosos “scat singing”, criando estilo inconfundível. A partir de 1947, abandona a fórmula como solista, formando o primeiro “All Stars”, um “combo” de seis ou sete instrumentistas para apresentações na América do Norte e Europa. Louis Armstrong protagonizou uma carreira de sucesso, tornando-se conhecido em todo mundo, dominando o cenário jazzístico por longos anos como solista e improvisador. “Satchmo” como era chamado carinhosamente, faleceu em New York City no dia 06 de julho de 1971, aos 70 anos. Ele nasceu na pobreza e graças à inteligência e destreza, recebeu o respeito como exponencial artista. Ele esteve em São Paulo, apresentando-se na Televisão Record em 1957, no palco do Teatro Paramount com enorme sucesso.