Pianista de jazz e lendário cantor, nascido Nathaniel Adams Coles natural da cidade de Montgomery-Alabama em 17 de março de 1916. Seu pai, pastor de uma igreja Batista mudou-se com a família para Chicago-Illinois em 1921, buscando melhores condições de vida. O pequeno Nat recebeu lições de piano já aos 12 anos de idade, tudo dos compositores eruditos Bach e Rachmaninoff. Naquela época Chicago era o grande centro do jazz e o garoto, fascinado pela música, tornou-se mais tarde pianista de jazz em clubes noturnos da cidade. Em 1939, formou inovador trio com Oscar Moore na guitarra e Wesley Prince ao contrabaixo que se tornaria conhecido e cultuado como The King Cole Trio. Durante os anos 1940 continuou em atividade até que, as interpretações vocais do pianista Cole passaram a ser a grande atração. A partir daí, dissolve o trio e vai para a carreira de cantor solo, iniciando uma série de gravações para o selo Capitol Records, sob direção dos maestros Nelson Riddle, Gordon Jenkins, Billy May, Frank DeVol e Pete Rúgolo, transformando-se na grande voz do após-guerra(1939-1945).
Um timbre quente, suave e aveludado, com enorme sucesso de público só interrompido pela morte prematura a 15 de fevereiro de 1965 aos 48 anos, de câncer pulmonar, posto que era contumaz fumante.