Albert George “Al “ Hibbler, cantor negro baixo-barítono norte-americano, nasceu na cidade de Tyro-Mississippi a 16 de agosto de 1915 e foi criado em Little Rock-Arkansas. Após apresentações em programas de rádio, foi contratado como “crooner” da black band do pianista Jay McShann (1942). Um ano após, foi para a famosa orquestra do também pianista Duke Ellington, substituindo o cantor Herb Jeffries, onde permaneceu por aproximadamente nove anos, deixando gravados inúmeros temas românticos.

Na carreira solo no início nos anos 1950, foi contratado pela Decca Records onde alcançou sucesso e reconhecimento do público. Ativista pelos direitos civis dos negros norte-americanos ao lado do pastor Martin Luther King Junior, em uma das manifestações em Birminghan-Alabama foi preso. Por interferência de Frank Sinatra, foi solto e contratado para gravar na Reprise Records de propriedade do amigo Sinatra. Al Hibbler construiu o acervo fonográfico também nas etiquetas Atlantic Jazz, Verve e Reprise Records. Ele morreu aos 85 anos em Chicago-Illinois no dia 24 de abril de 2003. Hibbler, nasceu negro, cego e pobre, sobrepujando todas as adversidades que a vida lhe impôs com dedicação, tenacidade e talento. Um cantor que faço questão de apresentar sempre aos queridos ouvintes e pelo qual, tenho grande admiração e respeito. Vale a pena ouvi-lo!