Alberta Hunter, diva do jazz, teve grande destaque nos anos 1920 e 1930. Cantora com timbre de contralto e distinto vibrato, também escreveu belas canções. Ao lado de expoentes como Louis Armstrong, Fletcher Henderson e Sidney Bechet, colaborou para a excelência da música negra do século XX. Com o advento do “rock and roll” a carreira declinou, como a de outros colegas de profissão. Em meados dos anos 1950, retirou-se e foi ser enfermeira em um hospital da cidade de New York, até se aposentar em 1977. Com vontade e disposição para voltar a cantar, iniciou apresentações em clubes noturnos e gravações na etiqueta Columbia Records. Alberta Hunter esteve em São Paulo em duas ocasiões (1980 e 1981), mostrando sua arte no ”150 Nightclub” do Hotel Maksoud Plaza. Na época, com mais de 80 anos, precisava de um acompanhante para conduzí-la ao palco. Ela nasceu na cidade de Memphis-Tennessee no dia 01 de abril de 1895 e morreu, aos 89 anos, em Roosevelt Island-New York, a 17 de outubro de 1984. Ouçam a bela e diferente voz de Alberta Hunter. Vale a pena!