Frank Sinatra e Orlando Silva têm algumas semelhanças. Ambos nasceram no ano de 1915. Frank a 12 de dezembro, Orlando a 03 de outubro. Filhos de mães severas, tanto Dolly como Da. Balbina educaram os filhos com muita disciplina e respeito. Autodidatas, aprenderam a cantar sem grandes ensinamentos musicais, eram intuitivos, com dicção e fraseado insuperáveis. O impulso na carreira de Sinatra deu-se ao participar como crooner da big band do trom petista Harry James e, posteriormente, na do trombonista Tommy Dorsey.

Já Orlando recebeu ajuda do então compositor Bororó (Antonio de Castro Simões da Silva), autor do famoso tema “Curare”, que o levou à Rádio Cajuti para um teste, sendo aprovado. Durante a atividade artística , houve momentos de queda de prestígio devido a problemas conjugais, bebidas em excesso e, no caso de Orlando, comprometimento com drogas pesadas. Ao vencerem esses percalços da vida, voltaram novamente às gravações e apresentações públicas. Para mencio nar mais uma semelhança, o fato de pertenceram a famílias humildes. Sinatra filho de imigrantes italianos, Orlando filho de ferroviário e de uma lavadeira. Orlando Garcia da Silva morreu a 07 de agosto de 1978, aos 62 anos, na cidade do Rio de Janeiro onde nasceu. Francis Albert Sinatra nos deixou a 14 de maio de 1998, aos 82 anos, na cidade de Los Angeles-Califórnia. Frank Sinatra e Orlando Silva, dois destacados intérpretes do século XX. Duas legendas em seus respectivos países. Esta edição apresenta algumas gravações de suas brilhantes carreiras.