Nathaniel Adams Coles (Nat “King” Cole), nasceu na cidade de Montgomery-Alabama a 17 de março de 1919. O pai, pastor de uma igreja batista, mudou-se com a família em 1920 para Chicago-Illinois, norte do país, em busca de melhores condições de vida. O pequeno Nat recebeu lições de piano clássico aos 12 anos, tudo de Bach a Rachmaninoff. Contudo, Chicago era um grande centro de jazz e o garoto, fascinado pela música, tornar-se-ia mais tarde pianista de jazz em clubes noturnos. Em 1939, Nat formou inovador trio com Oscar Moore na guitarra e Wesley Prince no contrabaixo que ficou conhecido e cultuado como “The King Cole Trio”. No final dos anos 1940 o trio continuava em atividade até que, as interpretações vocais do pianista passaram a ser a grande atração. A partir daí, Nat dissolveu o trio e foi para a carreira solo, iniciando uma série de antológicas gravações na etiqueta Capitol Records, sob direção dos maestros Nelon Riddle, Gordon Jenkins, Billy May, Frank DeVol e Pete Rúgolo. Um timbre quente e aveludado, com enorme sucesso de público, só interrompido por sua prematura morte, um mês antes de completar 46 anos de idade no dia 15 de fevereiro de 1965 em Los Angeles-Califórnia, em decorrência de um câncer pulmonar, posto que era contumaz fumante. Nat “King” Cole esteve se apresentando em São Paulo na Televisão Record em 1959 com retumbante sucesso. Nesta edição, gravações com The King Cole Trio e na gloriosa carreira solo, um campeão de vendas de discos.