Ruth Lee Jones (Dinah Washington), nasceu a 29de agosto de 1924 na cidade de Tuskaloosa-Alabama, emigrando com a família para Chicago-Illinois. Começou a.cantar na igreja batista que freqüentava e estudou piano que tocava nos atos religiosos. Aos14 anos, ganhou o concurso de canto do “Regal Theatre” de Chicago, decidindo-se pela carreira de cantora , abandonando as pretenções da família que desejava vê-la pianista. Alternando atuações com o quarteto gospel de Sallie Martin e apresentações em clubes noturnos e salões de baile, chamou a atenção do vibrafonista e bandleader Lionel Hampton, que a contratou para ser sua lady-crooner , atuando na banda entre 1943 e 1945, com o nome artístico de Dinah Washing ton. Ao deixar Hampton, foi pra a carreira solo, gravando na etiqueta Apollo Records durante o ano de 1946.Na Mercury Records, gravou entre 1947 e 1962 uma série de blues e memorá veis baladas. Dinah, foi sempre uma mulher de temperamento impulsivo que a marcou ao longo da vida, aproveitando o enorme sucesso para gastar indiscriminadamente o que ganhava em jóias, luxuosos automóveis, casacos de pele finíssimos, drogas e homens. Seu estilo errático de levar a vida, resultou em sete casamentos malogrados e, por certo, muito sofrimento e frustração. Durante os últimos anos de carreira, gravou na Roulette Records. Pílulas para dormir, ingeridas em estado de completa embriaguez, causaram a morte prematura de Dinah Washington, uma das mais belas vozes do jazz e, provavelmente , a mais versátil entre as cantoras norte-americanas. Ela faleceu no dia 14 de dezembro de 1963, aos 39 anos de idade, em Detroit-Michigan. Vale a pena ouvir suas belas interpretações.