BLACK BAND DE CLAUDE HOPKINS

Banda negra muito popular nos salões de baile do Savoy no Harlem e Roseland em Manhattan, foi liderada pelo pianista Claude Hopkins-(1903-1984). Hopkins dissolveu a orquestra em 1940 e dedicou-se em apresentações com pequenos conjuntos de jazz-(combos). Sem o destaque de bandas negras como Jimmie Lunceford, Click Webb e Andy Kirk, porém com qualidade de som reconhecida pelos excelentes arranjos de Jimmy Mundy. Os cantores Orlando Robertson e Beverly White participaram de inúmeras gravações realizadas nas etiquetas Decca e Ammor Records. A gravadora francesa The Chronological Classics Records, compilou o acervo da banda, resultando em um punhado de belos temas que podem ser encontrados, até nossos dias, na forma de C.Ds.

N A N C Y W I L S O N

Nancy Wilson, cantora negra nascida a 20 de fevereiro de 1937 na cidade de Chillicote-Ohio. Além de intérprete da grande canção norte-americana e temas jazzísticos, foi destacada conferencista, com palestras sobre os mais variados aspectos da música americana de raiz. Em sua longa carreira, gravou na Capitol Records aproximadamente 100 L.Ps., hoje transformados em C.Ds. Nancy Wilson morreu no dia 13 de dezembro de 2018, aos 81anos, na cidade de Pioneertown-Califórnia. Uma voz suave e sensível, que é sempre um prazer ouvir.

THE FOUR FRESHMEN

Colegas da Butler University, no estado de Indiana, o quarteto vocal The Four Freshmen-(Os quatro calouros), tornou-se um dos mais influentes conjuntos vocais norte-americanos. Em 1948 os jovens Ross Barbour, seu irmão Don, Hal Kratsch e Bob Flanigan, foram à luta. Hal, com problemas de saúde, foi substituído por Ken Errair em 1953. Além de uma harmonização impecável, eles também eram instrumentistas, exímios à guitarra, trompete, bateria e trombone. Contratados pela Capitol Records, gravaram extensamente os mais conhecidos temas românticos e venderam milhões de cópias de discos. O quarteto continua em atividade, evidentemente, com outra formação, continuando com o mesmo sucesso.