BLACK BAND DE BENNY CARTER

Bennett Lester(Benny) Carter, exímio nos saxofones alto e tenor, trompete, clarineta e também “arranhava” no piano. Arranjador, compositor e bandleader, esteve em evidência à frente da orquestra entre 1940 e 1947, período no qual gravou para a Capital Records. Metódico e perfeccionista, as diversas formações da big band sempre mostravam música de alta qualidade. Benny esteve se apresentando em São Paulo em 1981, por ocasição do Festival de Jazz da Televisão Cultura, juntamente com a pianista Mary Lou Williams no Centro de Convenções do Anhembi. Ele nasceu a 08 de agosto de 1907 em New York City e morreu, aos 95 anos no dia 12 de julho de 2002 em Los Angeles Califórnia. Uma longa e brilhante carreira na músi- ca popular norte-americana e particularmente no jazz. Como saxofonista-alto, esteve no mes- mo nível de Johnny Hodges e Willie Smith, dois expoentes no instrumento.

KEELY SMITH

Dorothy Jacqueline Keely (Keely Smith), nasceu a 09 de março de 1928 na cidade de Norfolk-Virginia. Ela foi lady-crooner da big band do trompetista e cantor Louis Prima com que se casou em 1953. Cantora de jazz e baladas, esteve sob contrato nos anos 1950 e 1960 na gravadora Capitol Records. No início dos anos 1960, assinou com a Reprise, tendo como diretor musical o maestro Nelson Riddle. Posteriormente, gravou na DOT. Cantora de muito ritmo e balanço e um acervo bem cuidado. Keely Smith morreu aos 89 anos no dia 16 de dezembro de 2017 na cidade de Palm Springs na Califórnia, após mais de sessenta anos de carreira.

JACK JONES

John Allan “Jack” Jones, filho do cantor e radialista Allan Jones, gravou extenso acervo na Decca Records e fez muito sucesso apresentando-se em cassinos de Las Vegas, Lake Tahoe e Atlantic City nos anos 1960 e 70. Até nossos dias (novembro de 2020), continua em atividade cantando no estilo consagrado por Frank Sinatra. Jack Jones nasceu em Los Angeles- Califór- nia no dia 14 de janeiro de 1938. Está pois, com 82 anos. Intérprete de boa e agradável voz , tem gravações feitas também nos selos Capitol, Kapp, RCA Victor e MGM Records.