Especial do dia 23 de março de 2014.

Especial com belas vozes de consagados cantores negros norte-americanos. Os três primeiros receberam influência do cantor e bandleader Billy Eckstine, músico de grande evidência e um dos criadores do estilo de jazz conhecido como  “bebop”. Earl Coleman foi crooner da Black Band do pianista Earl “Fatha” Hines nos anos 1940 e depois foi para a carreira solo, fazendo gravações na Atlantic Records. Arthur Prysock cantou na banda do pianista Buddy Johnson e, na carreira solo, destacou-se em apresentações no rádio e na televisão. Suas gravações foram feitas nos selos Verve, Mercury, Decca e Mllestone. Joe Williams teve grande evidência ao cantar na Black Band de Count Basie entre 1954 e 1956. Williams veio ao Brasil nos anos 1980, apresentando-se em São Paulo, no 150 Nightclub do Hotel Maksoud Plaza. O mais famoso entre os quatro, Billy Eckstine , era um músico completo. Cantor, compositor, arranjador e multiinstrumentista,  além de bandleader , ao comandar a All Star Band entre 1944 e 1947. Na carreira solo, tornou-se um dos mais renomados cantores norte-americanos do séclo 20.