Apesar de ter surgido após o declínio das big bands,o trompetista e bandleader Ray Anthonyconseguiu manter sua corporação musical sempre atuante e com sucesso. Ray começou a tocar seu trompete na banda de Al  Donahue em 1939. Aos 19 anos, entrou para a lendária orquestra do trombonista Glenn Miller(1941),pelo espaço de 6 meses e o relacionamento com Glenn nunca foi tranqüilo,ambos discutiam à beça.Ele porém,reconhece que aprendeu muitos dos segredos que cercam o funcionamento de uma big band,ou seja,disciplina,organização,ca-lendário de viagens,seriedade nos ensaios e arranjos muito bem elaborados.Após deixar Miller,participou de orquestra do saxofonista Jimmy Dorsey,até ser convocado para a segunda guerra mundial( 1949-1945). Servindo na Marinha,no teatro de operações do Pacífico Sul,lidera uma banda militar ,até o final do conflito. Lá tornou-se amigo de Fred Benson que,mais tarde,viria a ser seu gerente e orientador. Juntos organizam em 1946 um pequeno conjunto musical(combo) chegando, posteriormente, a 17componentes e incluindo o irmão Leroy Anthony(sax-barítono).Raymond Antonini,seu verdadeiro nome,nasceu a 20 de janeiro de 1920,em Bentleyville na Pennsylvania. Logo seus pais, fixaram residência em Cleveland-Ohio.

Nascido em uma família de músicos de origem italiana,aos 5 anos já participava da “orquestra”da família Antonini,tocando o ”cornet”que ganhara do pai. No início das atividades de sua ban-da,disputava espaço com as lideradas por Ralph Flanagan,Elliot Lawrence e Skitch Henderson.

Admirador das qualidades musicais de Harry James, Tommy Dorsey e Glenn Miller,decidiu criar seu próprio som, combinando os estilos desses três expoentes.A orquestra mantinha sob com-trato os cantores Ronnie Deauville,Tommy Mercer,Dick Noel e as cantoras Dee Keating e Mar- cie Miller. Logo se destaca das demais concorrentes,assinando contrato discográfico com a So- nora Records,gravando seus primeiros discos. Em 1949 é contratado pela poderosa gravadora Capitol,onde surgiram os temas “The Man With The Horn”,Mr.Anthony Boogie”, At Last”, TheBunny Hop”, “Harbour Lights” e “Nevertheless”,  que alcançaram sucesso e altos índices de vendagem de discos,permanecendo aí por mais de 20 anos.No início dos anos 1950,já conhe-cido em todo o país,apresenta-se em famosos hotéis,nightclubs,salões de baile,teatros e cas-sinos. Titular,por muitos anos,do programa de rádio “The Chesterfield Broadcast Show”,trans-mitido em rede pela NBC(National Broadcasting Company) e também dos primeiros a aderir à televisão. Um enorme sucesso no vídeo por mais de dez anos.No início dos anos 1960 dissol-veu a banda,formando um pequeno conjunto musical, “The Bookens”,aparecendo regularmente no Sahara Hotel de Las Vegas-Nevada,pelo período de 20 anos.Em 1980,com o renovado interesse pelo som da big bands, formou nova orquestra para excursionar pelo país.

Ray-Anthony-and-Orchestra

Ao mesmo tempo,organiza a chamada “Big Band dos anos 80”para perpetuar o interesse desse tipo de música.Outros bandleaders se juntaram a ele formando uma organização em nível nacional com o envio periódico de notícias para a imprensa.Emissoras de rádio foram contac-das para de incluírem em suas programações músicas da era do swing. Depois de algum tempo,emissoras de todo o país passaram a apresentar programas específicos com a música das big bands, alcançando enorme sucesso.

Em 1985, por ocasião da  posse do presidente Ronald Reagan, sua orquestra foi contratada pa-Ra o baile de inauguração  do governo. Ray Anthony com sua orquestra gravou os temas musicais das séries de televisão “Peter Gun”e “Winds Of War And Remembrance”, atuando também em concertos de caridade. Para ele e seus “sidemen” nunca faltou trabalho.Foram  mais de 65 anos de presença constante pelo país e pelo mundo,desde a primeira vez que tocou seu “cornet” profissionalmente.Ele é um dos últimos remanescentes vivos(aos 92 anos em dezembro de 2014) da gloriosa era das big bands e do swing, Ray Anthony,um fabuloso bandleader, trompetista, astro do disco,do rádio,da televisão e do cinema. Indiscutivelmente,uma grande figura da música popular norte-americana do século 20.

Ouça os programas Quinta Avenida e Quinta Avenida Especial no site Quinta Avenida

www.quintaavenida.mus.br

Também muita música,vídeos,artigos,informações,curiosidades e fotos.